Diário da Uy

02.17.17

large-9

 

É difícil até saber por onde começar, e se eu preciso de alguma forma ver utilidade no que estou tentando escrever, mas eu quero verbalizar e me dou a esse direito. Em que ponto as pessoas começaram a ser tão iguais? Isso parte de mim e de meu cansaço, ou delas?

“Eu estou cansada de conhecer a mesma pessoa em corpos diferentes.”

Mesmos vícios, mesmos erros, bad habits. Eu sempre pensei que se eu mudasse em veria além. Mas acho que ainda não cheguei lá. E isso tem me tornado uma grande observadora. Não diria crítica nem ranzinza, mas capaz de enxergar os pequenos sentidos das entrelinhas.

Contudo, cada dia eu vivo mais por mim, e não ser mais tão ingênua, como dizem, é o mais corajoso dos atos.

A moral disso tudo? Viva por você, nasça e morra por você, renasça! Busque seus próprios sonhos e potenciais, e não deixe ninguém apagar sua chama. Porque acredite em mim, só depende de você, unicamente de você. E vamo que vamo!

banner conheca meu canal

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s